(99) 2101-3900 / (99) 2101-3901

   (99) 2101-3962 / Agendamentos

15 de Maio, Dia do Combate a Infecção Hospitalar

15 de Maio, Dia do Combate a Infecção Hospitalar

HSR garantindo a segurança hospitalar.


Ascom, Marcelo Nunes.

No Brasil, estima-se que a taxa de infecções hospitalares em 2019 atingiu 14% das internações, de acordo com o Ministério da Saúde. O ato simples dos profissionais da saúde de lavar as mãos é fundamental para reduzir os dados de contaminações.  Em virtude disso, o dia 15 maio tem como objetivo conscientizar a população para ajudar no controle das infecções hospitalares ou Infecção Relacionada à Assistência à Saúde (IRAS). 

(Imagem: Ascom, treinamentos de higienização das mãos)

(Imagem: Ascom, treinamentos de higienização das mãos)

 

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), cerca de 45 mil brasileiros morrem anualmente em decorrência de infecções hospitalares. Em virtude dos dados, o Serviço de Controle de Infecção Hospitalar (SCIH) do Hospital São Rafael realiza ações e treinamentos para reduzir o número de infecção na Unidade, a fim de garantir a segurança dos pacientes e empregados. 

 

Em 2019, foram realizadas algumas ações para controlar as infecções na Unidade, como implementação do protocolo de segurança do paciente da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), que são: Identificação do paciente, higienização das mãos e cirurgia segura e prevenção por lesão. Também, a implementação do Protocolo de Prevenção de Pneumonia Associada à Ventilação Mecânica (PAV) e a busca fonada. 

 

Para a Enfermeira do Serviço de Controle de Infecção Hospitalar (SCIH), Ana Arraes, as realizações destes procedimentos são muito importantes para o Hospital São Rafael, visto que oferece dados para um melhorar os atendimentos realizados na Unidade, além do mais, certifica que a Hospital realiza bons atendimentos a população imperatrizense. Ressalta, “é muito importante assegurar o bem-estar do paciente durante a permanência no ambiente hospitalar, também, monitorar o mesmo durante 30 dias após alta, visto que o paciente pode apresentar sinais de infecção relacionada ao procedimento cirúrgico”.

 

O Hospital São Rafael tem como missão oferecer o que há de melhor mais seguro aos seus pacientes, em virtude disso, investe em qualificação dos seus colaboradores.  O Serviço de Controle de Infecção Hospitalar (SCIH) junto com o Núcleo de Segurança do Paciente (NSP), realizam treinamentos junto com o Núcleo de Educação Permanente a fim de munir os colaboradores de práticas seguras e atualizadas.


Sem comentários

    Seja o primeiro a comentar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *