(99) 2101-3900 / (99) 2101-3901

   (99) 2101-3962 / Agendamentos

Feliz dia das mães

Feliz dia das mães

 Ser progenitora é enfrentar uma batalha diária.

Ascom, Marcelo Nunes.

Mais da metade do quadro de empregados do Hospital São Rafael é feminino, com 250 colaboradoras somando 71% dos empregados. Muitas dessas mulheres vivem uma rotina de jornada dupla, se dividindo entre a profissional e mãe. No segundo domingo do mês de abril, é comemorado o dia das mães no país, em virtude data, o São Rafael conta história da Vera Lúcia de Sousa Rocha em homenagem a todas as mães da Unidade.

(Imagem: Ascom, Vera Lúcia colaboradora a 12 anos do Hospital São Rafael )

(Imagem: Ascom, Vera Lúcia colaboradora a 12 anos do Hospital São Rafael )

 

Ser mulher não é uma tarefa fácil no século XXI, visto que mesmo com a inserção desta população mercado de trabalho e tendo algumas conquistas de direitos, ainda há muita disparidade legal entre os gêneros. Vera Lúcia, mãe, 38 anos, iniciou a suas atividades profissionais aos 16 anos como doméstica, aos 26 anos, passou a integrar a equipe de higienização da Unidade, somando 12 anos de colaboração para a Instituição.

 

Assim como a Vera Lúcia, muitas outras mulheres iniciaram as suas atividades profissionais muito cedo, devido ao contexto social de duas décadas atrás, muitas dessas mulheres não tiveram acesso à educação, ao passo que algumas até tiveram cursos de formação de bons modos e de cuidados domésticos. Ao mesmo tempo em que são inseridas de forma precoce no mercado de trabalho, também muitas delas se tornaram mães. Que é o caso da Colaboradora Vera Lúcia se tornou mãe aos 19 anos, três anos depois de sua primeira atividade profissional.

 

Em 2001, Vera Lúcia passou ser colaboradora do São Rafael, nesta época já era responsável biológica e legal por duas meninas, com a mais nova com 6 anos de idade. Segundo Vera Lúcia, ela não pôde acompanhar de forma ativa o crescimento das suas duas filhas, visto que tinha uma rotina profissional que não conciliava com a de mãe. A sua filha mais velha por um tempo teve que morar com sua avó, e a mais nova teve que ficar aos cuidados de uma babá que Vera pagava. “ Ser mãe é se colocar a prova todos os dias”, disse – Vera Lúcia.

 

Vera Lúcia comenta, que o apoio do Hospital São Rafael foi muito importante para ela nesta época, visto que a mesma foi liberada quando necessário para levar suas filhas a consultas médicas e em reuniões escolares. Ainda, comenta que por alguns anos teve uma complicação familiar e isso fez com que ela precisasse se ausentar algumas vezes do serviço, e a Unidade sempre demonstrou empatia e apoio para com ela.

 

O Hospital São Rafael oferece benefícios assegurados por lei para suas colaboradoras gestantes e posteriormente mães, como: até cinco meses de licença maternidade, dispensa para consultas médicas, tanto para gestantes quanto para acompanhar os recém-nascidos, espaço para amamentar e salário família. É importante ressaltar, que esses direitos também são para mães de filhos adotivos.

 

Segundo dados de 2019 do Ministério do Trabalho, estima-se que entre 45% a 50% da população feminina é demitida após a licença maternidade. O Hospital São Rafael é contra essa prática e entende que nesta fase tanto a mulher quanto a família precisa de auxílio financeiro e apoio, por isso oferece todo o suporte legal para colaborar com as suas colaboradoras.

 

Desejamos um feliz dia das mães a todas as mães, em especial as nossas empregadas, reconhecemos a importância de vocês socialmente e biologicamente, entendemos as dificuldades sociais para a população feminina e oferecemos nosso apoio, temos orgulho de ser uma empresa 71% feminina. Feliz dia das mães. 


Sem comentários

    Seja o primeiro a comentar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *