(99) 2101-3900 / (99) 2101-3901

   (99) 2101-3962 / Agendamentos

Serviço de Controle de Infecção Hospitalar realiza treinamento do protocolo de higienização das mãos

Serviço de Controle de Infecção Hospitalar realiza treinamento do protocolo de higienização das mãos

Cuidado e Saúde.

Ascom, Marcelo Nunes.

Nesta terça-feira, dia dia 21 de janeiro, o Serviço de Controle de Infecção Hospitalar (SCIH), realizou o treinamento referente ao tema: protocolo de higienização das mãos. A ação foi exclusiva para os colaboradores da Unidade, com o objetivo de melhorar as as práticas de segurança do Hospital. O treinamento foi realizado pela Enfermeira Ana Arraes do HSR.

(Imagem; ascom, Treinamento de higienização das mãos)

(Imagem; ascom, Treinamento de higienização das mãos)

 

O procedimento de higienização das mãos é um protocolo de segurança da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), que visa proporcionar segurança tanto aos paciente de unidade hospitalares, quantos aos seus colaboradores. Segundo o Ministério da Saúde (MS), a limpeza correta das mãos evita 60% contaminações por agentes microbióticos durante a fase de tratamento em centros de saúde.

 

A prática de lavagem das mãos é, sem dúvida, a rotina mais simples, mais eficaz, também é a de maior importância na prevenção e controle de infecções hospitalares. Decorrente a isso, o Núcleo de Educação Permanente (NEP) do Hospital São Rafael, junto com o Serviço de Segurança do Paciente (SSP) e Serviço de Controle de Infecção Hospitalar (SCIH), realizarão durante todo ano treinamentos para garantir o bem-estar dos colaboradores e dos pacientes da Unidade. 

 

Para a Enfermeira do Serviço de Segurança do Paciente (SSP) e Serviço de Controle de Infecção Hospitalar (SCIH), Ana Arraes, do Hospital São Rafael, o treinamento é essencial para melhorar o atendimento no HSR, além de oferecer mais segurança a todos os envolvidos neste processo de hospitalização. “O objetivo de todos os treinamentos é oferecer qualificação aos colaboradores, para que possamos dispor de profissionais mais qualificados nos atendimento” – disse a Enfermeira. 

 

Quando lavar as mãos

–  No início e no fim do turno de trabalho.

–  Antes de preparar medicação.

–  Antes e após o uso de luvas.

–  De utilizar o banheiro.

–  Antes e depois de contato com pacientes.

–  Depois de manusear material contaminado, mesmo quando as luvas tenham sido usadas.

–  Antes e depois de manusear cateteres vasculares, sonda vesical, tubo orotraqueal e outros dispositivos

  Após o contato direto com secreções e matéria orgânica.

–  Após o contato com superfícies e artigos contaminados.

 

 

 

–  Entre os diversos procedimentos realizados no mesmo paciente.

–  Quando as mãos forem contaminadas, em caso de acidente.

–  Após coçar ou assoar nariz, pentear os cabelos, cobrir a boca para espirrar, manusear dinheiro

–  Antes de comer, beber, manusear alimentos e fumar.

–  Após manusear quaisquer resíduos.

–  Ao término de cada tarefa.

–  Ao término da jornada de trabalho.

 

 

 


Sem comentários

    Seja o primeiro a comentar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *